O que preciso pensar antes de definir o meu aplicativo?

executeaplicativos, app, mobile, negocio, startupsLeave a Comment

No processo de criação de novos projetos e ideias de novos produtos e serviços digitais uma questão fundamental é:

PRECISO MESMO DE UM APLICATIVO ?

Dentre os vários pontos de vista que podem ser utilizados para responder a essa questão, neste artigo focaremos em apenas 2:

1 – Já existem soluções similares e bem sucedidas no mercado alvo do seu projeto?

Para o ponto de vista 1, é essencial identificar os riscos e benefícios de criar soluções a um mercado já em expansão. Como exemplo, se já existem soluções de transporte e sistemas de carona, porquê eu deveria investir no meu projeto?

Um dos principais riscos relacionados a esse ponto temos: se os concorrentes tiverem um alcance e tração grandes, sua solução pode não chegar a tracionar e ser “engolida” por eles antes de ser tornar economicamente viável.

Um dos benefícios da existência de soluções similares no mercado é o fato de já existir um “norte a seguir”, ou seja, você pode aproveitar as boas práticas e formas de interação com o público das melhores soluções do mercado para projetar o seu projeto/serviço focado no mesmo nicho, ou de preferência, adaptar para seu nicho alvo.

2 – Qual o perfil (social e cultural) do seu público algo ?

Para o ponto de vista 2, é essencial buscar entender qual o perfil do seu público alvo. Como exemplo, sabe-se que no Brasil a plataforma Android é dominante no market share de dispositivos móveis.

Porém, se você seu público alvo final forem usuários com econômico maior, pode “errar o alvo” se focar somente na plataforma Android já que a plataforma iOS da Apple é muito mais relevante a esse perfil de usuários do que Android somente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.